Nesta segunda-feira (21), Morris Chang, fundador da TSMC, a maior fabricante de semicondutores do mundo, divulgou que está com planos de produzir chips com tecnologia avançada de 3 nanômetros.

Porém, essa ideia ainda precisa ser aperfeiçoada e, de acordo com Chang, o projeto é que esses chips sejam feitos em sua nova fábrica no estado norte-americano do Arizona.

Leia mais:

A Taiwan Semiconductor Manufacturing, empresa taiwanesa e grande fornecedora da Apple, divulgou recentemente que está construindo uma fábrica de US$ 12 bilhões no Arizona.

publicidade

Desde 2021 a TSMC vem anunciando que deseja expandir seu mercado e construir mais fábricas de chips no Arizona. Além disso, espera que a próxima fábrica seja mais avançada, para conseguir montar chips com tecnologia de 3 nanômetros – mais rápidos e eficientes.

Chang afirmou que a fábrica de 3 nanômetros estaria localizada no mesmo local do Arizona que a outra de 5 nanômetros.

“Três nanômetros, a TSMC agora tem um plano, mas não foi totalmente finalizado”, relatou Chang, que se aposentou daempresa – mas continua influente na indústria de chips em geral. “Está quase finalizado – no mesmo local do Arizona, fase dois. cinco nanômetros é a fase um, três nanômetros é a fase dois”.

No dia 6 de dezembro, a TSMC realizará uma uma cerimônia de “tool-in” no Arizona e Chang disse que estaria presente, juntamente com os clientes e fornecedores da TSMC e Gina Raimondo, secretária de Comércio dos EUA. Além deles Joe Biden, presidente dos EUA, também foi convidado, mas não se sabe se ele estará presente.

TSMC
Imagem: Koshiro K/Shutterstock

A empresa taiwanesa tem uma importante influência no mercado de chips utilizados na tecnologia de celulares e carros, e isso tem causado preocupação de que o mundo dependa demais de Taiwan, especialmente porque a China aumentou a pressão militar para fazer valer sua “soberania”.

Hoje em dia, tanto os Estados Unidos quanto a Europa estão investindo bilhões em incentivos para que as empresas produzam chips locais. De acordo com Chang, as pessoas acabaram de acordar para a importância dos chips.

“Há muitas pessoas invejosas, com inveja da excelente fabricação de chips de Taiwan”, disse ele. “Portanto, também há muitas pessoas que, por vários motivos, seja para segurança nacional ou para ganhar dinheiro, esperam fabricar mais chips em seus países”.

Além dessa declaração, Chang também disse em suas reuniões na APEC “muitos países me perguntaram, podemos ir a seus países para fabricar chips?”, porém não especificou quais eram esses países.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do 22betpartners? Inscreva-se no canal!