A missão Galactic 06, da Virgin Galactic, planeja enviar seis pessoas para o espaço nesta sexta-feira (26). Entre os tripulantes do sexto voo espacial comercial, está a primeira mulher ucraniana a ir para o espaço. Conforme divulgado pela empresa, ela mora em Nevada, nos EUA.

Para quem tem pressa:

  • Tripulação do sexto voo espacial comercial da Virgin Galactic traz a primeira mulher ucraniana a ir ao espaço, além de um austríaco e estadunidenses (um do Texas e outro da Califórnia);
  • A decolagem do voo está agendada para esta sexta-feira (26), durante janela de lançamento que abre às 14h (horário de Brasília), no Spaceport America, no Novo México (EUA);
  • Até a publicação desta nota, a Virgin Galactic não tinha mencionado se transmitiria ao vivo o lançamento. A empresa provavelmente postará atualizações no X durante o voo, como tem feito em missões recentes.

Até quinta-feira (25), a Virgin Galactic não tinha revelado as identidades dos passageiros do Galactic 06, apenas divulgou as nações e/ou estados de origem. Além da ucraniana que mora em Nevada, um passageiro é austríaco e os outros dois são estadunidenses (um do Texas e outro da Califórnia).

Leia mais:

O voo está programado para decolar do Spaceport America, no Novo México, durante uma janela de lançamento que abre às 14h (horário de Brasília). Até a publicação desta nota, a Virgin Galactic não tinha mencionado se transmitiria ao vivo o lançamento. A empresa provavelmente postará atualizações no X (antigo Twitter) durante o voo, como tem feito em missões recentes.

publicidade

6º voo espacial comercial da Virgin Galactic

Patch da missão Galactic 06, o próximo voo suborbital da Virgin Galactic (Imagem: Virgin Galactic)

Em todos os voos tripulados da Virgin Galactic, a empresa usa um avião espacial chamado de VSS Unity, que é transportado até certa altitude pelo porta-aviões VMS Eve. Depois, os motores do Unity são acionados, e ele se desacopla para continuar o voo.

Esses voos são suborbitais, o que significa que não atingem velocidade suficiente para alcançar a órbita da Terra. Assim, o veículo sobe até determinado ponto e depois volta ao solo, não circundando o planeta. Mesmo assim, por alguns instantes, os passageiros experimentam a sensação de gravidade zero.

Os voos da Virgin Galactic costumam atingir cerca de 85 km de altitude, o que gera uma dúvida: os passageiros vivem realmente uma experiência espacial? Isso porque dados oficiais divergem quanto ao ponto exato que estabelece o limite entre a atmosfera da Terra e o espaço sideral.

Pelos padrões da NASA, da Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) e das Forças Armadas do país, essa fronteira está 80 km acima da superfície da Terra. No entanto, um outro marco, a 100 km de altitude, conhecido como Linha de Kármán, é o estabelecido pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI). 

A Virgin Galactic sempre seleciona um astronauta funcionário para acompanhar os passageiros como instrutor a bordo do VSS Unity, que é conduzido por dois pilotos. Outros dois pilotam o porta-aviões VMS EVE.