A fabricante de chips taiwanesa TSMC vai abrir um novo centro operacional no Japão. A empresa planeja iniciar a construção no 2º semestre de 2024 e começar as operações da nova fábrica no fim de 2027. Essa expansão internacional faz parte dos planos da TSMC, que quer deixar a fábrica de Taiwan apenas para produção de chips de última geração.

O novo centro japonês será construído na província de Kukamoto, que fica a pouco menos de 300 quilômetros de Tóquio. O investimento total no projeto ultrapassará os 20 bilhões de dólares, contando com o apoio do governo japonês. A Toyotae a Sonytambém vão investir no novo centro operacional, que produzirá chips de 6 nanômetros, que são os semicondutores mais avançados do mercado japonês. Esses equipamentos vão servir de carros a equipamentos industriais, por exemplo.

Leia mais:

Chips semicondutores em uma placa de circuito
Imagem: dexmac/Pixabay

A nova fábrica vai criar cerca de 3.400 novos empregos, segundo a TSMC. O anúncio do empreendimento no Japão acontece cinco meses após a empresa anunciar a construção de outra fábrica na Alemanha, que também tem previsão de estar operando no fim de 2027. Além disso, a TSMC encontra dificuldades do seu segundo projeto de construção no Arizona, que começou em 2022 e tinha previsão para ficar pronto em 2026. Devido a atrasos, a previsão para o projeto agora é de estar operando em 2027 ou 2028. Enquanto isso, o projeto inicial em Phoenix deve começar a funcionar em 2025.

publicidade

Com sede na cidade taiwanesa de Hsinchu, a TSMC tem, aproximadamente, cerca de 90% da produção mundial de semicondutores de última geração. Big techs, como a Apple, são abastecidas pela TSMC, por exemplo. Os componentes da empresa fornecem desde smartphones até máquinas de lavar. Apesar de concentrar suas operações mais avançadas em Taiwan, nos últimos anos a empresa vem avançando para outros países devido à pressão do mercado e incentivos governamentais generosos.